Entenda a importância de comprar pacotes de viagens por agências

Muitos casos de pessoas que sofreram golpes, sempre estão na mídia. Seja pela compra de um apartamento, pelo fato de assinar um falso contrato de empréstimo, ou acreditar na venda de um bilhete premiado. O mesmo acontece com o ramo de turismo. Pessoas que não são legalmente autorizadas, vendem passagens aéreas e pacotes, e isto pode dar uma tremenda dor de cabeça, como por exemplo, o ticket de viagem ser falso. E aí? O que fazer?

O correto é seguir a recomendação oficial do Ministério do Turismo, de procurar uma agência devidamente cadastrada, para realizar a compra de tua tão sonhada viagem. O órgão público, está fiscalizando intensamente as empresas que disponibilizam este tipo de serviço,e além disso,a orientação geral é para que as pessoas acessem o Cadastur, ( sistema de cadastro dos prestadores de serviços turísticos). e confira se a agência escolhida para a compra, está realmente cadastrada, assim você eliminará o risco de  cair em um golpe.

A seguir, selecionamos algumas dicas que você deve seguir para evitar possíveis transtornos, vamos lá?

  • A primeira coisa que o turista deve se atentar, é na escolha da empresa que efetuará, a venda, (seja de pacote, ou apenas passagem aérea). Siga a recomendação do Ministério do Turismo, e confira se a agência possui o devido registro.
  • Guarde bem o bilhete aéreo que receber, ele comprova a efetivação de sua compra, e garante o seu direito de embarcar no avião.
  • Preste atenção na segurança que a empresa oferece, em caso de desistência, atraso de vôos, ou falta de cumprimento nos serviços contratados. Em todo caso, o turista possui direitos a serem reclamados.
  • Seu dinheiro pode ser reembolsado em alguns casos, tais como, vôos cancelados e atrasados, desistência, e quando a empresa vende um número superior de passagens, comparado ao que o avião pode comportar de passageiros, o famoso overbooking.
  • Em caso de reembolso, o turista deve receber da mesma maneira que contratou o serviço, se o pagamento foi em dinheiro vivo, deve receber o estorno do mesmo modo, se foi parcelado no cartão de crédito, será reembolsado na próxima fatura. A empresa possui um limite de 30 dias para realizar a restituição.

Fique por dentro de seus direitos e deveres, faça as malas e boa viagem!

Compartilhe com seus amigos